TXT_ARTICLEs

Monarquia absolutista

Monarquia absolutista

Monarquia absolutista


Hassanal Bolkiah é o sultão de Brunei Darussalam desde sua coroação que foi em 1968.**

Já a monarquia absoluta é caracterizada pela extensão ilimitada dos poderes do monarca sobre o país que governa. Assim, o monarca nesse tipo de monarquia assume a função de chefe de Estado e chefe de governo. Nessa forma de monarquia, os poderes do monarca estão acima de toda e qualquer instituição política e, assim, concentra a extensão dos três poderes: executivo, legislativo e judiciário.

Esse tipo de monarquia foi muito comum na Europa Ocidental e teve seu auge de poder entre os séculos XIV e XVII. Países como França e Reino Unido tiveram importantes reis absolutistas, sendo o mais famoso deles o rei Luís XIV, que governou a França durante mais de setenta anos.

A monarquia absoluta passou por algumas reformas ao longo do século XVIII, levando ao conhecido despotismo esclarecido, e foram superadas como forma de governo com as revoluções burguesas que aconteceram na Europa e transformaram os países europeus em monarquias constitucionais e repúblicas.


Luís XIV foi um dos grandes símbolos do absolutismo na Europa e reinou na França entre 1643 e 1715.

As monarquias absolutas que existem atualmente são:

  1. Eswatini (antiga Suazilândia)

  2. Vaticano

  3. Catar

  4. Arábia Saudita

  5. Omã

  6. Brunei

  7. Emirados Árabes Unidos

Se você tiver mais interesse em saber sobre o absolutismo na Europa, durante a Idade Moderna, acesse o seguinte texto: Absolutismo.

Características da monarquia

A estrutura e o funcionamento de cada uma das monarquias que existem no mundo são variados, e seus funcionamentos dependem dos interesses e da forma como cada país a construiu. De toda forma, destacaremos algumas características que podem relacionar-se com as monarquias.

  • O nome do monarca pode variar de país para país, e podem assumir diferentes nomes como rei/rainha, imperador/imperatriz, grão-duque/grã-duquesa etc.

  • A sucessão do poder, na maior parte das monarquias, é hereditária, ou seja, passa de pai/mãe para filho/filha.

  • Existe também a forma de sucessão eletiva, na qual o monarca é eleito para assumir o cargo durante um prazo de tempo. Um Estado que possui uma monarquia com sucessão eletiva é a Malásia, onde o monarca é eleito para um mandato de cinco anos.

  • As monarquias, em geral, estão vinculadas a uma dinastia, isto é, uma família que tem na sua linhagem o direito de herdar o trono.

TXT_ARTICLE No.: Read: 290 times
Rate this TXT_ARTICLE: